SAÚDE | SARAMPO

Campanha de vacinação contra o sarampo entra na reta final em Rosana



A Campanha Nacional de Vacinação Contra o Sarampo no munícipio de Rosana vai até o dia 31 de agosto de 2020. O objetivo é alcançar pessoas que ainda não foram imunizadas contra a doença. As doses serão aplicadas em pessoas na faixa etária de 30 a 49 anos. Os moradores devem comparecer com a carteira de vacinação na Puericultura de Primavera ou na Unidade Básica de Saúde (UBS) em Rosana, das 07h às 16h, de segunda a sexta. O atendimento também é realizado no horário comercial de almoço, com o intuito de maximizar o alcance de pessoas vacinadas.
 
De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), as mortes por sarampo no mundo diminuíram em 71% nos últimos anos. De 542 mil em 2000, para 158 mil em 2011. Até 2016, a enfermidade estava erradicada no Brasil. Entretanto, desde 2017 foram registrados novos surtos da doença em países da América do Sul. No Brasil, em 2019, foram registrados 18.203 casos de sarampo, segundo o Ministério da Saúde.
 
Dados da Secretaria Estadual de Saúde, apontam que o estado de São Paulo, confirmou 17.428 casos, com 14 mortes, em 2019. Desse número, um caso foi confirmado no munícipio de Rosana, segundo a Secretaria Municipal de Saúde. A causa do surto: as pessoas estão deixando de se vacinar.
 
O sarampo é uma doença infecciosa grave, causada por um vírus. A transmissão ocorre por meio da fala, tosse, espirro e contato próximo com outras pessoas. A doença pode deixar sequelas ou levar a morte. A vacina é a única maneira de evitar que isso aconteça.
 
O sarampo é uma doença potencialmente grave. Vacine-se!






COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM